segunda-feira, 13 de julho de 2009

Hortelã


Mentha piperita
O gênero "menta" tem seu nome derivado da ninfa Minte, seduzida por Plutão. Enciumada, a esposa de Plutão a converteu em uma planta e a esmagou com o pé. Entretanto, Plutão transformou-a em hortelã, sabendo que, assim, Minte seria apreciada no futuro.
Se um vaso com hortelã fresca for colocado sobre o altar, boas energias estarão presentes durante seus rituais.
Refresca o espírito, dissipando preocupações. Funciona como potencializador de outros componentes em filtros e poções.
Combate a insônia; auxilia a capacidade de decisão, produz vibração mental positiva.
Indicada para tratar dores de cabeça, cansaço, náuseas, infecções na boca ou gengivas.
Tem propriedades antissépticas e antibióticas. Importante expectorante e muito usada em tratamentos de verminoses intestinais.
O óleo, se aplicado puro na pele, pode causar irritações.

Pelo Mundo